quarta-feira, fevereiro 15, 2017

O que fazer com sobras de peixe - croquete

Uma coisa que eu sempre achei que falta nos blogs de gastronomia é falar sobre reaproveitamento. Quantas vezes a gente calcula mal as quantidades e acaba sobrando comida?
No dia que fiz a tainha assada com gengibre (receita aqui) acabou sobrando quase um peixe inteiro. Um amigo deu a ideia de que eu tentasse uns bolinhos e eu fiquei meio em dúvida se ia funcionar, um bolinho de peixe sem farinha, onde já se viu?
Usei a técnica infalível de bater tudo no processador, na esperança que virasse uma massa moldável ao invés de um peixe seco desfiado. No fim deu tudo certo. O peixe virou quase uma farinha e, com a adição de um ovo já deu pra moldar direitinho. Sem contar que ficou uma delícia.
Fiz meu vinagrete preferido pra acompanhar. Vai pepino em conserva e dá um frescor pro prato. Eu gosto de comer gelado, tipo lanche da tarde, mas dá um belo almoço.

CROQUETE DE PEIXE FRITO COM VINAGRETE


Ingredientes                              
Para o croquete:
500g de peixe assado
1 ovo
1 cebola cortada em pedaços grandes
1 dente de alho
1 maço de salsinha
Temperos à gosto: sal, pimenta, alho em pó, endro
Para o vinagrete:
3 pepinos em conserva cortados em rodelas pequenas
1/2 cebola roxa picada
Coentro à gosto picado
1/2 xícara de vinagre
Temperos à gosto: sal, pimenta
Instruções
1. Retire a pele e as espinhas do peixe. Vá desfiando com as mãos ou dois garfos aos poucos e tente tirar todos os espinhos. É mais fácil se o peixe estiver gelado.
2. No processador, coloque o peixe, o ovo, a cebola, o alho, a salsinha e os temperos até que vire uma massa.
3. Modele a massa no formato desejado e coloque na geladeira por 10 minutos.
4. Pique os pepinos, a cebola roxa e o coentro, coloque em um potinho. Complete com o vinagre e tempere.
4. Frite os bolinhos de peixe em óleo bem quente ou na Air Fryer até que fiquem dourados.
5. Sirva com o vinagrete.
Notas
Eu fiz na Air Fryer.
Funciona no liquidificador, mas tem que ir batendo o peixe aos poucos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo